Sem gestão seu negócio não sai do lugar.

Assista ao episódio especial de estreia da série Do Zero ao Real.

Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade e com os Termos de Uso.

3 a cada 10 empresas MEI fecham
no Brasil em até 5 anos de atividade


Como superar esse desafio?

Aprenda com o empreendedorismo da vida real


Neste lançamento, 3 Empreendedores e alunos do meuSucesso que começaram agora o seu negócio e enfrentam os desafios da falta de experiência em processos de gestão vão ter a oportunidade única de encontrar 3 grandes nomes do empreendedorismo para ter uma mentoria com quem já superou os mesmos desafios e tiveram êxito.


Se você estivesse lá, que pergunta faria?


QUERO ASSISTIR

Grandes Empreendedores e uma única missão: ajudar os 3 iniciantes a superar seus desafios.

Carla Sarni

Sorridents

Fundadora da Sorridents, maior rede de clínicas odontológicas da América Latina. Quando decidiu expandir, se viu numa situação inesperada e com dívida maior do que poderia arcar naquele momento, mas conseguiu passar por cima da situação e, hoje, fatura R$ 200 milhões por ano. Com uma virada de chave na gestão, ela realizou o sonho de expandir e manter a saúde do seu negócio.

Rogério Betti

deBetti Dry Aged

Abriu seu primeiro restaurante, se afundou em dívidas e quase chegou à falência por falta de gestão. Hoje, é dono da deBetti Dry Aged, alcançou o sucesso com uma análise assertiva sobre o público e identificou que a operação não deveria ficar concentrada em um único canal. Rogério aprendeu que ter o cliente no centro do seu negócio é uma condição de sobrevivência.

João Appolinário

Polishop

João Appolinário é um empreendedor por essência. Quando decidiu abrir seu próprio negócio, sua personalidade se tornou ainda mais marcante. Embora várias de suas ideias tenham sido desacreditadas, nunca desistiu delas, e foi com essa persistência que ele fundou a Polishop, uma revolução no mercado.

CONHEÇA OS PARTICIPANTES E SEUS DESAFIOS

Rafael Torquato

Querendo mudar a sua realidade e a de sua família, resolveu empreender. Depois de falir uma marca de moda, decidiu abrir um negócio no ramo de serviços para casa e estava indo bem até ter problemas com a contabilidade, se vendo obrigado a voltar para a CLT para se reerguer financeiramente.


Seu desafio: A falta de conhecimento em gestão burocrática lhe custou caro, já que ele está enfrentando problemas com seu CPF.


Patrícia Filo

Com uma forte veia empreendedora e muita vontade de crescer, já teve carrinho de pipoca, cachorro-quente e vendeu de tudo, mas nenhum negócio "foi pra frente". Se viu obrigada a voltar para a CLT no ramo imobiliário para conseguir manter suas duas filhas e, após 7 anos, decidiu abrir sua própria imobiliária. 


Seu desafio: Patrícia luta para conseguir manter uma boa gestão e cumprir com os compromissos financeiros e empréstimos que fez.


Samiller Albuquerque

Empreende com o marido numa hamburgueria que funciona na cozinha de casa e faz delivery apenas pelo iFood. Ambos têm um emprego CLT e fazem a hamburgueria rodar no contraturno, mas têm medo de sair da "segurança" que acreditam ter em um emprego formal.


Seu desafio: Samiller tem dificuldade com precificação e com a gestão financeira do negócio. Ainda mistura o dinheiro dela com o do negócio que abriu.


FAZER INSCRIÇÃO